BioExtratus
BioExtratus
Sempre quis ter super poderes…

Sempre quis ter super poderes…

Sempre quis ter super poderes…

*por Márcio Nunes

Primeiro… Super Raios de minhas mãos…

Depois, Voar… ah voar!! Sempre sonhei que voava… um impulso contra o chão e lá estava eu entre as nuvens. Acho que o impulso que dá a ação do voo, atualmente me parece com o abandono do chão, da terra, do mundo que vivemos, não dele inteiramente, mas só do habitual caminho que percorremos cercados de humanoides… Imaginem o próximo voo… Além das fronteiras do que conhecemos… Daí conheci o poder do tele transporte… E nossa! Fiquei fascinado… Controlar o espaço e o tempo… Estar em qualquer lugar de uma hora para outra… Parar o tempo! Isso me veio à mente quando queria dormir mais um pouco antes de ir para o trabalho… Já pensou? – Ah merda de despertador… Printskanblium (não sei o barulho de parar o tempo… inventei esse!) e dormia mais duas horas… E o tempo estaria ali parado… Esperando-me…

O foda que considero o tempo como um Deus… A ideia de manipulá-lo é quase pecado… Em contraposto, não acredito muito na ideia de Um ser ter criado a raça humana e nos dados condições que não poderemos usar só para que possa dizer que é contra a lei dele me parece sem sentido e Um Deus sem sentido, perde o conceito do que acho que é Deus. Mas voltando aos poderes, acho que a teoria do buraco de minhoca, mesmo sendo falha me dá ideias em conjunto com a Precognição, que é o caso da informação viajar no tempo, de alguma forma… O mundo das Ideias, meu universo B que é habitado por ideias e tendo a ideia de que somos ideias na mente do que chamamos de Criador, me dá essa possibilidade! Entenderam? Vou viajar no tempo em Precognição para conceber esta resposta… (Ráááá).

Na verdade no meio de tudo isso, o que gostaria de dividir é que os poderes que concebemos na maioria não são supers… Não queria, por exemplo, ter o poder de magoar as pessoas, mais ele vem junto com o poder de fazer parte da vida das pessoas, de escrever histórias, de criar outro personagem no caminho de chão ou de nuvens… Criar… Um dos poderes do que chamamos de Criador… O que acho que é válido em tudo isso é que por mais improvável que tais ideias possam parecer ela existe em minha cabeça… Ela existe. E eu existo… Mas na cabeça de quem? Será que esta cabeça que me criou ficaria surpresa se eu a percebesse…

Será que assim eu poderia junto com ela recriar a minha história e controlar o espaço tempo? Talvez… Essa ideia pode parecer tão ilógica que o conceito de sua possibilidade é 50% para ambas Não sei muitas coisas sobre viajem no tempo, mas sei que no tempo que estou escrevendo no mínimo “viajei” muito…

Coluna Oculis Presto por Marcio Nunes

Acompanhe a Coluna Oculis Presto por Márcio Nunes

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat