BioExtratus
BioExtratus
Saiba porque o saquê deve ser a sua aposta nas festas de final de ano

Saiba porque o saquê deve ser a sua aposta nas festas de final de ano

E mais: Daisho explica a melhor forma de consumir a bebida e seleciona 4 drinks com o produto

A bebida já nem parece ter vindo do Oriente. Bem aclimatado à mesa dos brasileiros, o saquê conquistou o paladar tupiniquim graças ao seu sabor exótico e único. Tanto é verdade que o modo de degustar a bebida japonesa também foi reinterpretado por aqui — como é o caso do caipisaquê. Assim, se você também é fã do produto, confira as dicas do restaurante Daisho sobre como consumí-lo e veja como ele pode ser a sua aposta nas festas de final de ano.

Como o saquê é preparado?

A bebida, cujo teor alcoólico fica entre 14% e 16%, é feita à base de dois ingredientes principais: arroz e água. Assim, ao serem somados aos agentes de fermentação — levedura e o fungo koji-kin —, eles se transformam no saquê.

O produto é ainda dividido em dois grupos: o padrão — cerca de 70% da produção — e os especiais, que também são subdivididos em honjozo e junmai. No caso dos saquês especiais honjozo, a adição do álcool etílico leva refrescância à bebida. Contudo no junmai, o álcool é todo proveniente da fermentação do grão de arroz.

Por que consumir saquê?

Sobretudo, no topo da lista de motivos para consumir o saquê está o seu sabor agradável. Mas, se você precisa de outras razões, saiba que a ciência já desvendou muito mais sobre a bebida — ela pode, inclusive, prevenir doenças e alergias.

Veja abaixo alguns benefícios do saquê para a saúde.

Auxílio do clareamento da pele

O saquê contém uma série de substâncias que inibem o desempenho da melanina, um dos motivos do aparecimento de manchas de sol, de idade e das sardas.

Sistema cardiovascular

O consumo moderado de saquê pode auxiliar doenças cardíacas e cerebrovasculares, prevenindo a formação de coágulos sanguíneos e ajudando na redução do colesterol. A ingestão comportada da bebida aumenta a uroquinase, uma substância que desfaz coágulos no sangue.

Saiba porque o saquê deve ser a sua aposta nas festas de final de ano

Auxílio na prevenção de alergias

A bebida contém cinco tipos de substâncias que inibem a enzima chamada Catepsina B, uma das causas de alergias. Assim, o consumo moderado pode auxiliar na prevenção do aparecimento de alergias de pólen, alimentos e ácaros da poeira de casa.

Como consumir o saquê

Não se trata exatamente de regras de etiqueta para consumir a bebida. Mas algumas dicas poderão lhe ajudar a saborear melhor o saquê.

Temperatura

O mais comum é tomar a bebida fria (entre 8ºC e 13ºC), uma vez que o aroma fica mais evidente. Contudo, durante o inverno, também é possível consumí-la aquecida.

Como beber

Você já deve ter visto o saquê sendo servido em uma espécie de copo quadrado (massu). Mas, saiba que isso é um hábito muito antigo e pouco comum no Japão. Portanto, no lugar do massu, prefira copos de vidro finos e claros, que valorizam o produto, evidenciando seu sabor, cor e aroma.

Além disso, não é educado beber o saquê de um gole só. O ideal é degustá-lo aos poucos.

Harmonização

Engana-se quem pensa que saquê vai bem somente com comida japonesa. Ao contrário, já que ele harmoniza com vários tipos de comida. A recomendação, portanto, é seguir a harmonização clássica: saquês leves e secos combinam com comidas leves, como saladas, carnes brancas, sushis e sashimis. Contudo, os secos e encorpados são ideais para os pratos mais temperados e à base de carnes, frituras e massas. Há ainda os frutados e densos, que costumam ser consumidos puros ou no final da refeição.

Armazenamento

Diferente do que ocorre com o vinho, o saquê não deve ser guardado por muito tempo. Então prefira tomá-lo em até 1 ano, guardando-o em um lugar seco e sem luz solar. Entretanto, se ele já estiver aberto, o mais recomendado é que consumi-lo em até duas semanas.

Drinks com saquê

Saiba porque o saquê deve ser a sua aposta nas festas de final de ano

Para que você possa se inspirar e incluir o saquê nas festas de fim de ano, confira algumas receitas que o Daisho selecionou.

Gin tônica com saquê

Ingredientes

  • 25 ml de gin
  • 45 ml de saquê honjozo
  • 2 doses de bitter laranja
  • 140 ml tônica
  • 3 bolinhas de pimenta rosa
  • 1 aniz estrelado
  • 1 limão desidratado
  • Splay de bitter de laranja

Modo de preparo

Adicione todos os ingredientes em uma coqueteleira e misture. Transfira o mix para um copo alto ou taça com gelo e adicione a pimenta e o limão desidratado para decorar.

Jun Daiti Fresh

Ingredientes

  • 1 kiwi maduro e fatiado
  • 1 colher de sobremesa de açúcar
  • 75ml de saquê
  • Talos de capim santo
  • Gelo

Modo de preparo

Em um copo longo, acrescente 1 kiwi maduro e fatiado e 1 colher de sobremesa rasa de açúcar, macere bem. Complete o copo com cubos de gelo até 3/4 da capacidade e coloque 75ml de saquê, mexa bem com uma colher e complete o copo com gelo quebrado. Então, acrescente talos de capim santo sobre o drink

Jun Daiti Martíni

Ingredientes

  • 30ml de saquê
  • 25ml de vodca
  • 10ml de licor de melancia
  • Gelo

Modo de preparo

Em uma coqueteleira, adicione cubos de gelo e mexa até que se resfrie, dispense o excesso de água e acrescente 30ml de saquê, 25ml de vodca e 10ml de licor de melancia. Mexa até que o coquetel fique bem gelado e coe em uma taça martini previamente resfriada. Finalize com casca de limão siciliano.

Caipisaquê de frutas vermelhas com gengibre

Ingredientes

  • 2 morangos cortados ao meio
  • 6 Amoras
  • 6 Framboesas
  • Raspas de gengibre
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • Meio limão espremido e mexer
  • 3 doses de saquê

Modo de preparo

Misturar tudo e completar com gelo picado. Decorar com leque de morango e frutas vermelhas.

Sobre o Autor

Endereço: Av. Coronel Antônio Estanislau do Amaral, 320 - ITAICI - Indaiatuba/SP - CEP.: 13340-480 - Tel.: (19) 3801-0405

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat