BioExtratus
BioExtratus
Primeira vez no restaurante japonês? Saiba o que fazer para evitar gafes

Primeira vez no restaurante japonês? Saiba o que fazer para evitar gafes

Restaurante Daisho dá dicas para esclarecer principais dúvidas

Comida crua, guardanapo quente e uma variedade de nomes esquisitos. Se você está prestes a ir pela primeira vez a um restaurante japonês, é normal que tenha essa imagem da gastronomia nipônica. Mas, já que você está disposto a ter essa nova experiência, que tal se preparar? Para lhe ajudar a esclarecer todas as dúvidas, o restaurante Daisho preparou uma lista com tudo o que você precisa saber para que este momento seja o mais agradável e saboroso possível!

A toalhinha quente

Você entrou no restaurante, escolheu sua mesa e fez o pedido. Não vai demorar muito para que lhe tragam uma toalhinha quente enrolada em cima de um prato. Talvez, por impulso, você a abra e comece a limpar o seu rosto, mas evite fazer isso. Essas toalhinhas, também chamadas de oshiboris, servem apenas para limpar as mãos. Faça isso e depois a devolva no prato onde ela foi trazida; alguém voltará para retirar.

O que pedir

Como essa é a sua primeira vez em um restaurante japonês, não encare o peixe cru logo de cara, afinal, ele é a grande barreira da culinária japonesa. Vá devagar e peça sushis à base de frutas, kani kama e pepino, um salmão grelhado ou os hot holls.

Aposte ainda no missoshiru, um caldo de pasta de soja com cubinhos de tofu e verduras. Ele é ideal para abrir a refeição. Seguindo a linha dos “não crus”, peça yakishoba, tempurá e shimeji.

Agora, quando se sentir pronto para encarar o peixe cru, comece por aqueles que misturam os frutos do mar com arroz. Sushis, hossomakis, nigiris, uramakis e temakis seguem essa linha.

Em seguida, e para deixar a experiência completa, prove os sashimis, as famosas fatias finas de peixe cru. Você vai se surpreender com o sabor!

Como comer

Imaginar ter que comer com hashis, aqueles palitinhos, lhe causa pânico? Não se desespere! Solicite ao garçom um elástico ou um clip adaptador para hashis; eles facilitarão muito o manuseio. Mas, se ainda assim não estiver seguro, recorra aos tradicionais talheres ocidentais. Não há constrangimento algum em nenhum dos casos.

Não corte os sushis e os sashimis nem morda apenas um pedaço deles. Leve-os à boca e abocanhe de uma vez só.

Se quiser shoyu, coloque um pouco no nozoki (pratinho específico para esse molho) e mergulhe apenas o lado com o peixe. E, caso queira provar o wasabi — aquela pastinha verde clara feita de raiz com sabor forte — disponha uma pequena quantidade para que você possa se familiarizar com o sabor (aqui no Brasil também é comum dissolver um pouco de wasabi no shoyu).

No intervalo

A culinária japonesa é uma alimentação lenta, por isso não é preciso ter pressa. Note que na travessa onde vieram os sushis e sashimis há gengibre ralado. Ele não está lá à toa. Você deve mastigar um pedaço sempre que for trocar de peixe, pois isso ajuda a limpar o paladar e impede que os sabores se misturem.

Para encerrar

O café está para o Brasil assim como o chá para o Japão. Ao menos é essa a lógica quando se trata de fechar uma refeição. Então, para encerrar essa experiência ao estilo japonês, peça um chá verde. Ele é um pouco amargo, mas ajuda na digestão.

Gostou das dicas? Agora que você conhece essas regrinhas básicas, já pode marcar a visita ao restaurante japonês sem medo de fazer feio.

ParceirosDaisho
Av.: Cel. Antônio E. do Amaral n 979
ITAICI - Indaiatuba/SP

(19) 3801.0405
www.daishorestaurante.com.br
daishojapanesefood
daishorestaurante

 

Sobre o Autor

Endereço: Av. Coronel Antônio Estanislau do Amaral, 320 - ITAICI - Indaiatuba/SP - CEP.: 13340-480 - Tel.: (19) 3801-0405

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat