BioExtratus
BioExtratus
Pé-direito duplo: ótima sugestão para o seu projeto

Pé-direito duplo: ótima sugestão para o seu projeto

Andrea Generoso destaca a tendência, citando os benefícios e os cuidados no projeto arquitetônico e decorativo quando se opta pelo pé-direito duplo

Definir o projeto arquitetônico de um ambiente não é tarefa fácil visto as diversas opções disponíveis. Uma das mais recentes tendências da arquitetura, que fez muito sucesso no passado e têm retornado com força nos últimos anos, é o pé-direito duplo. Mas… o que é um pé-direito duplo? Neste artigo, a arquiteta Andrea Generoso, responsável pela AG Arquitetura, explica o conceito, trazendo os motivos que trouxeram de volta sua visibilidade. Confira!


Leia também:

Andrea Generoso: uma arquiteta de coração e paixão

Design de interiores e arquitetura: uma parceria de sucesso


Afinal de contas, o que é um pé-direito duplo?

O conceito de pé-direito duplo é muito simples. Em arquitetura, pé-direito quer dizer a distância entre o teto e o chão, em linha reta. Geralmente, essa medida é de 2,80m — o que faz com que um pé direito duplo seja o dobro desse comprimento, ou seja, em média de 5m a 6m.

A escolha pelo pé direito duplo pode se dar no projeto completo do piso, ou em apenas um ambiente, podendo ser aplicado a casas térreas ou com mais de um andar.

 

Vantagens na escolha

“Já tem uns seis anos que o pé-direito duplo voltou estar em evidência”, explica a arquiteta Andrea Generoso. “As principais vantagens dele são a ventilação e a iluminação proporcionados. Além, é claro, da estética, já que ele cria um ambiente mais imponente, dando a sensação de um espaço maior e uma amplitude nua no local”, completa.

A arquiteta salienta ainda o caráter sustentável da construção, um dos motivos que pode ter trazido de volta a tendência nos últimos anos.  “Ele favorece o uso de janelas maiores. Isso faz com que o morador demore muito mais a acender as luzes da casa. Além disso, geralmente dá mais conforto térmico, o que também reduz o uso do ar-condicionado”, observa.

Na questão estética, há também a valorização do imóvel.

“Por ter se tornado uma tendência, muita gente sonha em ter uma casa com pé-direito duplo. Outra vantagem é que você tem uma visão da área externa muito maior e consegue integrar o visual interno com a paisagem”, continua a arquiteta.

Há desvantagens?

Quando bem planejado, esse projeto arquitetônico pode ser aplicado em qualquer obra, seja ela residencial ou comercial.

Sem restrições ou pré-requisitos para a adoção, Andrea aponta para um detalhe que pode ser impeditivo para algumas pessoas, e por isso merece atenção.

“Se você optar pelo pé direito, é importante lembrar que nesse caso a decoração de interiores deve receber uma atenção especial. Como tem muita iluminação, a casa fica um pouco exposta. Por isso é importante escolher cortinas grandes que ajudem a esconder a intimidade. E também para dar uma sensação de aconchego, é claro. Se a decoração de interior não for muito bem trabalhada, resulta-se em um espaço muito ‘frio’ e vazio”, observa.

Além disso, deve-se considerar também as dificuldades da limpeza, e a acústica do ambiente.

Então já está sonhando com um novo projeto moderno e atual com um lindo pé-direito duplo? Portanto conte sempre com uma ajuda profissional. Para que possa ver diante dos seus olhos aquilo que antes habitava apenas seus sonhos.

*Texto produzido e otimizado pela Mídia.Crawl.


Leia também:

Escadas em Balanço: beleza e modernidade em seu ambiente

5 razões para optar pelas estruturas metálicas na construção civil

Sobre o Autor

Av. dos Trabalhadores, nº 116 - Sala 215 - The Diplomat Office Mall - Vila Castelo Branco - Indaiatuba/SP - CEP.: 13.330-000 - Tel.: (19) 3816-4428

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat