BioExtratus
BioExtratus
Cabelos loiros: o que você precisa saber sobre matização

Cabelos loiros: o que você precisa saber sobre matização


Loiro é certamente a tonalidade escolhida por mulheres de muita personalidade que gostam de estar no centro das atenções. Mas, quem já se aventurou na missão de clarear os fios deve ter percebido que não é fácil manter as madeixas bonitas, afinal, pouco tempo depois de deixar o  salão os fios ficam amarelados ou alaranjados em função da oxidação. Isso sem contar quando o procedimento de descoloração não termina em indesejados tons. Para amenizar esse mal, a matização é um processo que traz muitos benefícios: auxilia tanto na manutenção da cor, quanto na obtenção do tom desejado, além de dar brilho, luminosidade e hidratar os fios.


Se você ainda tem dúvidas sobre o processo de matização, a Bio Extratus preparou um dossiê com as 4 perguntas mais frequentes sobre o assunto. Acompanhe!

1. Qual é a diferença entre desamarelador e matizador?

Tanto o desamarelador quanto o matizador visam conferir aos fios a coloração platinada tão desejada pelas loiras. Eles têm como função neutralizar a pigmentação amarelada ou alaranjada dos fios adquiridas por oxidação ou alguma dificuldade de abrir o tom de clareamento. Embora muitos cremes desamareladores tenham a função “matizante” e sejam assim nomeados, o processo químico envolvido nesses dois produtos — desamarelador e matizador — é o que realmente os difere.  

Quimicamente falando, o desamarelador é mais fraco que o matizador e também menos agressivo aos fios. É apresentado no formato de shampoo ou máscara hidratante com uma pigmentação cujos efeitos surgem de forma gradual, conforme os fios são lavados e hidratados.

Esse é o caso, por exemplo, das máscaras cinza e violeta da linha Matizante Brilho Platinado, da Bio Extratus. Tendo como princípios ativos o Goji Berry, a Illipê, a microqueratina e o pigmento violeta, além de neutralizar os tons indesejados, o tratamento tem ação antioxidante, reconstrutora e hidratante.

Enquanto isso, o matizador é considerado um tonalizante temporário e deve ser aplicado em conjunto com uma água oxigenada. Apesar disso, saiba que matizar o cabelo após procedimentos como luzes e mechas ainda ajuda a manter a saúde do mesmo, já que fecha a cutícula do fio que foi exposto no processo de descoloração.

Cabelos loiros: o que você precisa saber sobre matização

2. Qual a cor matizante mais indicada?

Para chegar a essa resposta você deve levar em consideração a cor do seu cabelo e a Estrela de Oswald, uma tabela usada pela calorimetria. Nela, é possível identificar o tom oposto ao que prevalece no seu cabelo. Essa tonalidade deverá ser usada para anular a nuance indesejada. Só para ilustrar, imagine que os seus fios estão com a coloração amarela. Para anular essa tonalidade é necessário aplicar a cor oposta, ou seja, o roxo violeta; o resultado será um brilho acinzentado. Por sua vez, para anular a cor laranja, é necessário aplicar o azul ao invés do roxo. Mas, atenção: se o matizador azul for aplicado em um cabelo amarelado, o resultado é o famoso chumbado, ou seja, fios verdes.

A Bio Extratus disponibiliza duas versões de máscara matizadora: violeta, para cabelos amarelos; e cinza, que tem uma ação mais intensa, sendo ideal para combater a tonalidade alaranjada. A primeira foi a escolha da blogueira Bia Munstein, do Eu Vou de Rosa. Veja o antes e depois da aplicação na foto deste artigo.

Cabelos loiros: o que você precisa saber sobre matização

3. Com que frequência devo matizar o cabelo?

Por ser um tratamento com alta concentração de pigmentos, ele não deve ser diário. Ao optar pela linha matizante Bio Extratus, a alta concentração de pigmentos confere ação desamareladora imediata e o uso constante pode levar, inclusive, a uma cor indesejada. Nesse caso, o processo pode ser repetido a cada 3 ou 4 lavagens, já que como o matizador não penetra profundamente no fio, a pigmentação será removida facilmente.

4. O matizante pode manchar o cabelo?

O efeito matizante da Bio Extratus varia de acordo com a estrutura dos fios e a tonalidade do cabelo. O tempo de ação dos produtos também interfere no resultado.

Lembre-se que cabelos que passam por um processo de descoloração ficam mais porosos e têm maior facilidade de absorver pigmentos, por isso levam menos tempo para chegar à coloração desejada. Isso pode também levar às manchas.

Se você ultrapassar esse tempo e os fios ficarem arroxeados, chumbados ou manchados, não se desespere. Lave o cabelo usando um shampoo antirresíduos e aplique uma máscara branca. O produto vai remover uma parte do excesso e, de quebra, você já faz uma boa hidratação no cabelo.

Cabelos loiros: o que você precisa saber sobre matização

Gostou das nossas dicas? Então, entregue-se aos fios platinados!

 

Sobre o Autor

Distribuidora Aliança Indaiatuba e Região - Endereço: Avenida João Ambiel, 1541 - Jardim Portal dos Ipês - Indaiatuba/SP - CEP.: 13348-863 - Tel.: (19) 3318-1631

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat