BioExtratus
BioExtratus
Lançamento da Coluna Gastrovia

Lançamento da Coluna Gastrovia

Topo coluna Revista Dàvila - Coluna Gastrovias

Hoje “inauguramos” a parceria entre o Gastrovia e Revista D’Avila na abordagem aos temas ligados à Gastronomia,  lembrando que a tão comentada Gastronomia é um ramo de conhecimento que abrange a culinária, as bebidas, os materiais usados na alimentação e, em geral, todos os aspectos culturais a ela associados e não somente o ato de cozinhar, conhecer receitas e alimentos… A cada abordagem, traremos além dos aspectos históricos e culturais, dicas e receitas que complementam a “experiência” da leitura na prática, deixando a “gourmetização” de lado.

Boa leitura! E sejam bem-vindos à Coluna Gastrovia!


A simplicidade elegante do Crepe

 Apesar da origem incerta, o que podemos afirmar é que sua origem é muito antiga, há indícios de que suas raízes estejam no pão indiano chapati e nas panquecas chinesas, entretanto, os primeiros registros de crepes foram feitos no século I, pelo gastrônomo romano Apicius, autor do receituário de re coquinaria. Seja qual for a versão “verdadeira”, não há dúvida: a receita é antiquíssima, esteve presente na evolução da humanidade e persevera entre seus hábitos alimentares.

Popularizado pela gastronomia francesa, em francês, crepe, deriva do termo crispus, que em latim significa crespo. Na Itália são chamadas de crespelle, e especula-se que originalmente eram assados em pedra quente, assim como os pães, e mais tarde passaram a ser preparados em chapa redonda de ferro sobre o fogo.

Um prato sobretudo rural, da Bretanha, região a noroeste da França, originalmente a receita doce levava farinha de trigo integral, ovos, leite, água, açúcar e baunilha. A salgada, também chamada de galette, tinha trigo sarraceno, água e sal.  Após sua difusão pelo mundo culinário, o crepe alcançou as mesas mais afamadas, preparadas com produtos exóticos e raros, embora, desde a Idade Média, preserve a mesma forma simples e rápida de preparação. Um ícone do prato é a sobremesa Crepe Suzette (Tema da nossa próxima publicação nessa coluna).

Receita que vale o preparo

Algum tempo atrás, pesquisando sobre crepes, escolhi para meu caderno de receitas a versão do le cordon bleu, uma das mais tradicionais escolas de culinária francesa, onde a receita representa toda simplicidade e versatilidade deste prato.


Leia Mais:

Você já provou um ovo perfeito?

As diversas faces da cozinha asiática


Massa de crepe – livro “Todas as técnicas culinárias”, Le Cordon Bleu

Ingredientes

  • 125g de farinha de trigo;
  • 15g de açúcar; *
  • Uma pitada de sal;
  • 2 ovos;
  • 300 ml de leite (ou se preferir água);

*para massas salgadas, inverta a proporção de sal para 15 gramas e uma pitada de açúcar.

Modo de preparo

Peneire a farinha de trigo e o sal numa tigela, faça uma cova no centro e junte os ovos. Vá batendo aos poucos a farinha das laterais e despeje lentamente o leite até formar uma massa fina. Se necessário, passe pela peneira. Cubra e deixe descansar por 30 minutos. Bata bem antes de usar.

Rende cerca de 12 crepes.

Utilize uma frigideira de fundo grosso, preferencialmente antiaderente, com um diâmetro de 20cm.

1 coloque uma bolinha de manteiga na frigideira e aqueça em fogo moderado até espumar. Despeje o excesso de manteiga derretida numa tigela, depois, com uma concha, ponha a massa, começando no centro da frigideira.

2 Incline a frigideira para espalhar a massa na base e chegar até as bordas; se preciso, junte mais massa.

3 Frite por cerca de 1 min. até dourar embaixo e aparecerem bolhas. Solte e vire com uma espátula.

4 Frite o outro lado por 30 segundos-1 minuto. Retire a crepe, com o lado frito virado para baixo.

Agora é só rechear com o ingrediente, doce ou salgado que preferir.

Sobre o Colunista:

Foto Perfil Colunista Ricardo Assumpção - Coluna Gastrovias

Ricardo Assumpção é editor do site Gastrovia, homebrewer  e apaixonado por gastronomia, nas horas vagas e outras nem tanto, adora esquentar a barriga em fogões, fornos, churrasqueiras… Drinks, vinhos e cervejas especiais acompanham as experiências!

Facebook: gastroviagastronomia

Instagram: gastrovia_gastronomia

Sobre o Autor

Rua Joaracy Mariano de Barros, 212 - Solar do Itamaracá - Indaiatuba/SP - CEP.: 13.333-390 - Tel.: (19) 3329-7741 e (19) 9.8328.4111 (What´s App) [email protected]

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat