BioExtratus
BioExtratus
Exposição com obras de Rodin são destaques no Instituto CPFL

Exposição com obras de Rodin são destaques no Instituto CPFL

Um conjunto de 10 esculturas originais e 76 fotografias documentais da vida do artista francês Auguste Rodin (1840-1917) será exposto ao público, pela primeira vez no interior paulista, a partir desta quarta-feira, 20 de março, na Galeria de Arte do Instituto CPFL, em Campinas

A exposição “Figura e modernidade: Rodin no acervo da Pinacoteca de São Paulo” fica em cartaz até 29 de junho. O horário de funcionamento é, de segunda e terça, das 9h às 18h, de quarta a sexta, das 9h às 19h, e aos sábados, das 10h às 16h. A entrada é gratuita.

A exposição conta com recursos educativos, desenvolvidos pelo NAE (Núcleo de Ação Educativa da Pinacoteca), para uso autônomo. Que estimulam a participação do público de todas as idades, criando novas relações com as obras. Também será realizado um encontro de formação para professores.

As visitas podem ser realizadas em grupos de até 45 pessoas. Educadores estarão no local para atender o público. E o agendamento  pode ser feito por e-mail ou pelo telefone (19-3756-8000).

A exposição tem a curadoria de Valéria Piccoli, curadora-chefe do museu.

Confira mais destaques da semana no Instituto CPFL:

Cine CPFL. 

Também na quarta-feira, 20/03, às 19h, o Cine CPFL exibe o filme “As Herdeiras” (Paraguai/Alemanha/Brasil/Uruguai/Noruega/França, 2018, 95 min., 12 anos), de Marcelo Martineri. No filme, as herdeiras de uma família rica do Paraguai, que viviam confortavelmente durante 30 anos, percebem que o dinheiro não é mais suficiente e começam a vender seus bens ao chegar à terceira idade (https://bit.ly/2En0tHR).

Na quinta-feira, 21/03, será exibido “O confeiteiro” (Alemanha/Israel, 2018, 105 min., 14 anos), de Ofir Raul Graizer. O longa conta a história de um homem que parte a Israel em busca da viúva de seu amante. Que não tem ideia de que eles compartilham uma tristeza sem nome sobre o mesmo homem.

Café Filosófico CPFL. 

Já na sexta-feira, 22/03, às 19h, o físico Luiz Alberto Oliveira, diretor do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, fala sobre os impactos das novas tecnologias na redefinição do que compreendemos como humano no segundo encontro da série “Desafios da identidade no mundo contemporâneo” do Café Filosófico CPFL. O encontro tem entrada gratuita, em Campinas, com transmissão ao vivo nas redes do Instituto CPFL.

Segundo o cientista, vivemos hoje um borramento das fronteiras que costumavam demarcar o domínio próprio do humano. Sobretudo em razão da ascensão das novas tecnologias, às quais nossos corpos sentem dificuldade para se adaptar em meio a tantas informações; o que ajuda a explicar sentimentos como frustração e revolta manifestados nas redes sociais.

“Hoje, somos convocados a refletir sobre as transformações que se abrem na deriva tecnológica de transformações nas dimensões éticas, políticas e subjetivas do nosso existir”, diz.

Mais informações sobre o Instituto CPFL 


Leia também:

Exposição fotográfica exibe a representatividade e o empoderamento dos negros

Sobre o Autor

Rua Joaracy Mariano de Barros, 212 - Solar do Itamaracá - Indaiatuba/SP - CEP.: 13.333-390 - Tel.: (19) 3329-7741 e (19) 9.8328.4111 (What´s App) [email protected]

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat