BioExtratus
BioExtratus
Espanhóis x Portugueses: espanhol fluente se torna diferencial com fortalecimento de empresas latino-americanas

Espanhóis x Portugueses: espanhol fluente se torna diferencial com fortalecimento de empresas latino-americanas

Apesar da colonização portuguesa, espanhóis voltam com força ao Brasil de olho no mercado e “portunhol” não é mais suficiente no ambiente corporativo

Com a globalização, ter o conhecimento de um segundo idioma há tempos deixou de ser um diferencial para se tornar uma exigência na carreira de qualquer profissional. E embora o inglês ainda seja a língua mais valorizada no mercado de trabalho, é notória também a expansão do espanhol. Dentro das organizações, ele é classificado hoje como o segundo idioma da comunicação internacional.

Por isso, cada vez mais o mundo corporativo reprime a prática do nosso tradicional “portunhol”. Sempre no intuito de exigir um conhecimento pleno da língua. Aliás, ela está tão valorizada que, de acordo com uma pesquisa feita pela Catho. Quem almeja cargos hierárquicos maiores pode ter um aumento de até 30% no salário caso possua fluência na língua espanhola.

Portanto, entenda neste artigo como se deu o processo de valorização do idioma no mercado de trabalho.


Leia também:

Ação do Yázigi Indaiatuba mostra às crianças o verdadeiro sentido da Páscoa

Act To Impact: Yázigi inicia mais uma ação em prol do meio ambiente


Economia x idioma espanhol

Um dos fatores que tem contribuído com a expansão do idioma espanhol no mercado corporativo brasileiro é a nossa participação no Mercosul, que tem rendido bons resultados na balança comercial. Ali, o fato de a maioria dos países integrantes falar espanhol nos leva a presumir que muitos negócios são fechados neste idioma.  

Além disso, os países hispânicos têm mostrado um grande crescimento econômico, atraindo a atenção de diversas empresas internacionais interessadas em parcerias, inclusive com o Brasil. Com a instalação de sedes de empresas latino americanas no país, surge a necessidade dos profissionais se dedicarem cada vez mais à língua espanhola. E como a perspectiva é que essa importância continue crescendo nos próximos anos, aumenta cada vez mais a demanda pela fluência.

Portugueses x espanhóis

Você sabe por que o Brasil é o único país na América Latina que não fala espanhol?

A resposta para esse fato está na história e é consequência do “Tratado de Tordesilhas”, firmado em 1494 entre Portugal e Espanha. Como resultado dessa ação, foi traçada uma linha imaginária a 370 léguas de Cabo Verde que serviria de referência para a divisão de terras descobertas na América, entre Portugal e Espanha. Na divisão, as terras a oeste ficaram para a Espanha. Assim, as terras a leste — Brasil —  ficaram para Portugal, levando-nos a herdar o seu idioma, o português.

Adeus, “portunhol”!

Ainda que não seja a língua oficial do Brasil, o espanhol é falado habitualmente por 460 mil pessoas por aqui. No entanto, apesar de sua importância, muitas vezes o seu aprendizado não recebe a devida atenção. À exemplo, fica a recente reforma do ensino sancionada pelo ex-presidente Michel Temer (MDB). Ela retirou a obrigatoriedade do espanhol na rede pública instituída desde 2005.

Parte desse “desinteresse” se dá também pelo fato da língua ser considerada semelhante ao português. Mas, no mundo dos negócios, o velho “portunhol” (mistura dos dialetos português e espanhol) não traz credibilidade. E nem resultado, muitas vezes. Afinal, o idioma precisa ser entendido perfeitamente para que não ocorram falhas de comunicação.

Para estimular esse aprendizado, tanto na infância quanto na fase adulta, escolas de idioma têm se dedicado a formatar os melhores programas. Esse é o caso da escola de idiomas Yázigi. Ela oferece cursos de espanhol com diversos objetivos, dentre eles, o de negócios. As aulas seguem o padrão aplicado em toda a escola. Com dinamismo, aplicando diferentes técnicas de estudo e práticas que permitem ao aluno aprender em um ambiente descontraído. Além disso, são trabalhados o vocabulário específico e os termos próprios de um ambiente profissional.

Se você também quer se preparar para essa realidade, faça uma visita ao Yázigi Indaiatuba!

*Texto produzido e otimizado pela Mídia.Crawl.


Leia também:

Como aprender uma nova língua pode influenciar no seu sucesso profissional

8 Dicas para perder a vergonha de falar inglês 

Sobre o Autor

Pioneirismo é a marca registrada do YÁZIGI em mais de seis décadas de história. As aulas são dinâmicas e baseadas em assuntos do dia a dia. Desta forma, centenas de milhares de alunos conseguem aprender mais rápido associando o idioma a situações do cotidiano. O principal objetivo é fazer o aluno pensar, interpretar e falar em outra língua sem notar que está aprendendo. Passeios ecológicos, festas e projetos culturais fazem parte do aprendizado.

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat