Escadas em Balanço: beleza e modernidade em seu ambiente

Escadas em Balanço: beleza e modernidade em seu ambiente

Conheça as arrojadas escadas em balanço e entenda o quanto elas podem contribuir com a beleza e exclusividade do seu projeto arquitetônico

Durante muito tempo, as escadas foram consideradas apenas algo funcional: serviam para levar as pessoas de um andar ao outro. Por diversas vezes, elas inclusive atrapalhavam projetos arquitetônicos, por serem consideradas feias ou algo que estava “sobrando” naquele ambiente. Mas, os conceitos mudaram também no que tange a construção e as escadas. Portanto, para lhe mostrar como adequar a escada no visual do ambiente, a arquiteta Andrea Generoso, da AG Arquitetura, destaca neste artigo as escadas em balanço. Então vem conferir!

 

Escadas em balanço: o que são?

Que existem diversos tipos de escadas, disso você já sabe. Elas se diferenciam umas das outras principalmente com relação ao seu tipo de estrutura. Dentre as opções, existem: desde as mais tradicionais, feitas em laje; com a parte de baixo fechada e vigas laterais; até as mais despojadas.  Hoje, falaremos de um modelo considerado o “queridinho” no meio arquitetônico. Fato esse que se devem, inegavelmente ao seu grande apelo visual: as escadas em balanço.

“Podemos definir como escadas em balanço aquelas em que ao menos uma das laterias do degrau se encontra livre”, explica Andrea Generoso. Se enquadram neste conceito, portanto, desde as chamadas flutuantes (onde uma extremidade é fixada na parede, deixando a outra “em balanço”), até os modelos com vigas em apenas uma das extremidades, ou no meio.

  • Escadas em Balanço: beleza e modernidade em seu ambiente
  • Escadas em Balanço: beleza e modernidade em seu ambiente
  • Escadas em Balanço: beleza e modernidade em seu ambiente

Modelos com viga central

Os modelos com viga central têm se destacado entre os demais por proporcionarem uma estrutura mais reforçada e ainda assim um visual clean. Além disso, há a sensação de que os degraus flutuam quando se caminha sobre eles.

Eventualmente, ela é conhecida popularmente como “espinha de peixe”. Essa escada tem, então, os degraus fixados a uma viga central, na parte inferior dos mesmos. Assim, ambas as laterais são mantidas em balanço.

A principal vantagem é que a estrutura não limita os formatos, que podem ser retos, em formato de L ou formato de U. Outra prova da versatilidade desse modelo é a vasta gama de materiais com os quais ele pode ser confeccionado. Sobretudo entre eles o ferro, madeira, granito, mármore ou mesmo vidro.

“Visualmente leves, essas escadas conversam muito bem com decorações mais clean e a versatilidade de modelos e materiais permitem que conversem com outros elementos do ambiente, integrando-o como um todo”, conclui a arquiteta.

  • Escadas em Balanço: beleza e modernidade em seu ambiente
  • Escadas em Balanço: beleza e modernidade em seu ambiente
  • Escadas em Balanço: beleza e modernidade em seu ambiente

Quanto à estrutura, lembre-se que o modelo exige degraus mais reforçados. Afinal, diferente de outras estruturas, grande parte de sua sustentação se dá no próprio degrau. As estruturas das paredes também serão diretamente afetadas nesse projeto. Por isso, busque sempre um arquiteto experiente e conceituado para cuidar do projeto.

Agora que você conhece esse tipo arrojado de escada, permita que sua criatividade suba os degraus e vá tão longe quanto for possível.


Leia também:

http://www.revistadavila.com.br/entre-a-casa-e-nossa/

http://www.revistadavila.com.br/repaginando-a-fachada/

 

Sobre o Autor

Av. dos Trabalhadores, nº 116 - Sala 215 - The Diplomat Office Mall - Vila Castelo Branco - Indaiatuba/SP - CEP.: 13.330-000 - Tel.: (19) 3816-4428

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat