BioExtratus
BioExtratus
E o cacau virou chocolate…

E o cacau virou chocolate…

Banner Cozinhatividade por Cheg karina Bertocco Página de potagem

Depois de todo aquele procedimento resumido na matéria anterior, o chocolate é enfim produzido… E aí chega a melhor parte, degustá-lo…. Ooops… Mas com uma infinita variedade nos mercados e nas lojas, qual escolher Chocolate nobre (ou puro) é o de maior qualidade e o mais saboroso também. Contém cerca de 32 a 39% de manteiga de cacau. O restante dos ingredientes fica por conta do açúcar, baunilha, sólidos de cacau e em algumas marcas, lecitina de soja.

chocolate amargo

O chocolate amargo tem uma porcentagem de sólidos de cacau a partir de 75%. Tem um sabor amargo e aparência marrom bem escura. É o que faz muito bem a saúde.

chocolate meio amargo

O chocolate meio amargo tem um percentual de sólidos de cacau de pelo menos 50%, é um chocolate com sabor intenso, mais agradável ao paladar. É o que eu, particularmente, mais utilizo nas minhas produções. Não muito doce, e com sabor intenso de chocolate.

chocolate ao leite

O chocolate ao leite tem a adição de leite em pó e um percentual de sólidos de cacau que varia entre 30 e 50%. É mais doce e tem uma textura mais macia.


Leia mais:

Coluna Cozinhatividade: O cacau

Moqueca x Moqueca por Cozinhatividade


chocolate branco

O chocolate branco não contém sólidos de cacau, é feito apenas de leite, manteiga de cacau, açúcar e normalmente lecitina de soja. Alguns Chocolatiers não o consideram como sendo chocolate.

cacau em pó

O cacau em pó tem uma coloração marrom avermelhada, sabor bastante “ácido”, não contém adição de açúcar e nenhum ingrediente artificial. É obtido através da prensagem e extração da manteiga de cacau. Cuidados ao comprar: Observe se é achocolatado ou se contém adição de açúcar.

Esses são os tipos verdadeiros de chocolate que você encontra nas gôndolas de supermercado. O chocolate puro, nobre, não contém outras gorduras além da manteiga de cacau, por isso seu valor $$$ costuma ser mais caro. Os valores também variam de acordo com a origem do chocolate, bem como a seleção dos grãos de cacau na hora de produzir.

Normalmente os chocolates nacionais são feitos a partir do grão de cacau forastero, que é o mais comum e passa por um processo de conchagem não muito longo. Já muitos dos chocolates importados, como alguns italianos, belgas, suíços e franceses, usam os grãos trinitários, que são de uma qualidade superior e mais raros, e passam por um processo de conchagem de até 72 horas, por isso a enorme diferença da textura dos chocolates importados. Além obviamente, das taxas abusivas de importação no Brasil, que fazem os valores ficarem ainda mais caros.

Quando me refiro a este produto denominando como sendo o “verdadeiro chocolate”, é porque existem muitos produtos sendo vendidos como chocolate, mas na verdade são doces com SABOR de chocolate. Novamente o famoso gato por lebre. Isso eu explico na próxima matéria… Agora vai lá devorar um chocolatinho… DE VERDADE!

chocolate bombons

Sobre a colunista: 

Eu sou Karina Bertocco e um detalhe importante que diz;muito da minha personalidade é sobre minha origem, da qual me orgulho muito. Venho de uma família italiana do bairro da Mooca em São Paulo,;e desde pequena me realizo na cozinha ajudando as minhas avós a fazer um delicioso Gnocchi,;ou o maravilhoso Crostoli Italiano, massa fresca ou até mesmo um simples bolo de chocolate. Eu sou completamente apaixonada por cozinha e na arte de receber pessoas,;qualidade que com certeza herdei dos meus pais que são excelentes anfitriões.

Para me profissionalizar portanto, cursei gastronomia na Anhembi Morumbi em São Paulo, trabalhei no;Clube Med em Trancoso, na cozinha do grupo Leopoldo em São Paulo, fui sócia proprietária de restaurante também em São Paulo e;hoje em dia da Karina Bertocco Gastronomia em Indaiatuba/SP. Fiz cursos de panificação e confeitaria na Levain (SP), de confeitaria na Escola do Diego Lozano, fiz um curso de harmonização na Le Cordon Bleu;em Paris e um curso de Massas e Pizzas na Accademia Europea di Firenze na Itália. Tive a oportunidade de viajar por 25 países (por enquanto), o que agregou e agrega muito na minha profissão.


Confira mais:

Coluna Cozinhatividade fale sobre as Super Frutas

Alimentos ideais para o inverno


 

Sobre o Autor

Rua Joaracy Mariano de Barros, 212 - Solar do Itamaracá - Indaiatuba/SP - CEP.: 13.333-390 - Tel.: (19) 3329-7741 e (19) 9.8328.4111 (What´s App) [email protected]

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat