BioExtratus
BioExtratus
Dores nos joelhos: conheça algumas causas e os possíveis tratamentos

Dores nos joelhos: conheça algumas causas e os possíveis tratamentos


As dores nos joelhos afetam pessoas de todas as idades. Portanto, se você também sofre com esse incômodo, a fisioterapeuta Thaysa Greve ajuda a esclarecer o tema


As causas de dores nos joelhos podem surgir por diversos motivos. Nesse cenário, a osteopatia e a fisioterapia manual ganham destaque por conseguirem enxergar o ciclo de compensações que geram perda de equilíbrio e dor.

Segundo a fisioterapeuta Thaysa Greve, o joelho é uma articulação complexa e existem muitas variáveis que podem ocasionar a dor. Isso porque, os problemas de mobilidade dos tecidos ao redor dos pés, quadril, sacro, ossos ilíacos e coluna lombar podem gerar uma cadeia de compensações que chega ao joelho.

“Essa articulação, então, passa a ser uma região de excesso de trabalho ou forças opostas, podendo gerar dores e outros problemas, como tendinites, bursites, degenerações articulares e meniscais”, comenta Thaysa.

Estrutura do joelho

Considerada uma das maiores articulações do corpo, a estrutura dos joelhos é complexa. A região é formada por ossos  — fíbula, patela, tíbia e fêmur —, músculos, cartilagem e ligamentos. Todos eles são responsáveis por conferir flexibilidade e estabilidade de modo simultâneo.

Causas

Desequilíbrios musculares e articulares, próximos ou a distância, que alterem a área de contato entre fêmur, patela, tíbia e/ou fíbula e modifiquem o seu centro de movimento, podem gerar sobrecarga dos joelhos com consequente sintomas dolorosos.

“Muitas vezes aparece uma pequena artrose no exame de imagem, mas ela não é suficiente para justificar a dor. Por isso é importante entender o ciclo de compensações que gera a perda de equilíbrio e essa dor. Ou seja, é possível recuperar o paciente fazendo-o com que ele fique sem dor, mesmo que ele continue tendo a artrose”, explica a fisioterapeuta que ainda aponta outras causas para a desarmonia da região:

Coluna Lombar

A coluna lombar, com tensões musculares e restrições de movimento entre as suas vértebras,;pode prejudicar a qualidade da informação neural que chega aos músculos ao redor do joelho,;podendo gerar prejuízos e dor para esta articulação.

Movimentação dos quadris

Uma diminuição na qualidade de movimentação dos quadris pode também resultar em dores nos joelhos,;uma vez que este irá compensar a falta de movimento da articulação vizinha através de excesso de movimento gerando dor.

“É importante entender esses movimentos compensatórios como;micromovimentos que a articulação realiza enquanto o corpo está executando uma tarefa, como caminhar ou correr”.

Entorse de tornozelo

Um entorse de tornozelo mal curado pode se tornar uma fonte de compensações ascendentes,;podendo resultar em sobrecarga do joelho e dor. Mas,

Disfunções de mobilidade visceral

Disfunções de mobilidade visceral também podem repercutir através da inervação compartilhada na coluna,;ou devido a repercussão por meio da cadeia fascial. Mas,

“Por exemplo: nas mulheres, o útero e os ovários estão conectados ao sacro e à coluna lombar através de ligamentos e fáscia. Qualquer tipo de tensão ao redor ou diminuição de mobilidade desses órgãos será transmitida para a coluna lombossacral, que também terá sua mobilidade diminuída. Como consequência, segmentos vertebrais superiores podem ficar facilitados. Estes segmentos enviam inervação para os músculos do joelho, que entrarão em estado de pré tensão constante, predispondo as lesões e a dor”. Mas,

Avaliação e tratamentos

A avaliação e o tratamento para as dores nos joelhos devem englobar todas as estruturas,;locais ou à distância, que podem influenciar na articulação. Mas,

“No exame termográfico, por exemplo, é possível perceber uma região quente ao redor do joelho quando há tensões musculares localizadas ou inflamações que necessitam de atenção. Outras vezes, o joelho poderá aparecer como uma região mais fria, no entanto, a área da coluna lombar correspondente;— que envia nervos para o joelho — aparece como uma região mais quente, indicando que a dor do joelho tem mecanismos geradores na coluna coluna lombar. Algumas vezes, o tratamento requer mais o trabalho sobre a coluna lombar e os pés, do que sobre o próprio joelho”, finaliza. Mas,

Agora que você já conhece algumas das possíveis causas para as dores nos joelhos,;lembre-se que por meio de tratamento fisioterapêutico específico,;como osteopatia e outras metodologias de terapia manual,;é possível estimular as regiões que influenciam nessa articulação para que ela possa tanto se reorganizar como reequilibrar. A consequência disso será a melhora da dor e da função. Mas,

Sobre a Colunista

Dra Thaysa Greve Coluna Saúde em EquilíbrioDra Thaysa Greve é fisioterapeuta, formada pela UNIMEP, há 10 anos. Possui pós-graduação em Fisiologia Humana e certificações internacionais e nacionais nas áreas de osteopatia, postura e tratamento da dor.
O objetivo da sua coluna é orientar, desmistificar, falar sobre curiosidades e esclarecer assuntos relacionados à saúde, pois acredita que pessoas bem informadas são mais propensas a tomar decisões e ações que resultarão em bem estar e melhor qualidade de vida. Instagram: @thaysagreve Facebook: Thaysa Greve

Sobre o Autor

Rua Joaracy Mariano de Barros, 212 - Solar do Itamaracá - Indaiatuba/SP - CEP.: 13.333-390 - Tel.: (19) 3329-7741 e (19) 9.8328.4111 (What´s App) [email protected]

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat