BioExtratus
BioExtratus
Culinária nipo-brasileira: como as culinárias japonesa e brasileira têm se misturado

Culinária nipo-brasileira: como as culinárias japonesa e brasileira têm se misturado

Como a culinária japonesa se transformou e se adaptou aos gostos e costumes brasileiros, criando assim um cardápio com opções bem particulares

O Brasil abriga a maior colônia japonesa fora do próprio Japão. Já são 110 anos desde que o navio Kasatu Maru aportou em terras tupiniquins trazendo os primeiros japoneses que vieram constituir família e morada por aqui. Desde então, a relação entre os dois países tem se estreitado em diversos sentidos. Desde a cultura, costumes, entretenimento, até a culinária. E tal qual os primeiros japoneses a desembarcarem em nosso país, os costumes gastronômicos deles também tiveram de se adaptar ao novo lar. Confira agora como se deu esse processo, que ainda causa muita influência no cardápio da culinária nipo-brasileira.

Restaurantes Japoneses

Os restaurantes japoneses são uma febre no Brasil. Em especial a partir da década de 90, eles se tornaram opção e mesmo preferência para grande parte dos brasileiros. Para se ter uma ideia da importância do mercado: segundo um levantamento feito em 2013 pela Abresi, haviam 600 restaurantes japoneses contra 500 churrascarias na cidade de São Paulo. Desde então, só cresceu o interesse do brasileiro pela comida de origem japonesa, especialmente por ser considerada uma opção mais saudável. Por isso, ela foi, inclusive, reconhecida pela Unesco como Patrimônio Imaterial da Humanidade.

Rodízio japonês: criação brasileira

O rodízio é uma criação tipicamente brasileira. Nascida no Rio Grande do Sul, na década de 60, essa tradição começou com o churrasco. Anos depois, conquistou os consumidores de pizza e se alastrou por diversos mercados, incluindo o de comida japonesa.

Literalmente falando, talvez a experiência japonesa que mais se aproxime de nosso conceito de rodízio sejam os Kaiten-zushi; ou seja, restaurantes onde o sushi é servido em esteiras, que vão passando de cliente em cliente, para que se sirvam.

Adaptações mais do que necessárias

O principal fator que fez a culinária japonesa se adaptar ao paladar brasileiro foram as diferenças climáticas e geográficas entre Japão e Brasil.

Em primeiro lugar, nem todos os ingredientes usados na cozinha lá, especialmente os peixes e vegetais, estavam disponíveis por aqui. E mesmo a qualidade da matéria-prima encontrada por aqui era diferente: afinal, como dissemos antes, clima e condições de solo/topografia interferem no produto final. Além disso, o preço para trazer muitos desses itens para cá iria inviabilizar a comercialização.

Há também o fato do povo brasileiro consumir certos alimentos comuns ao oriente de maneira bem diferente. Por exemplo, o arroz: se no Japão ele era usado para fazer bolinhos, por aqui o consumo exigia uma consistência mais soltinha; já o feijão, consumido como doce no Japão, era salgado e usado como acompanhamento na nossa refeição.

Assim, muita coisa teve — e ainda tem — de ser adaptada.

Culinária nipo-brasileira: como as culinárias japonesa e brasileira têm se misturado

Sabores Inusitados

Uma das principais diferenças nas característica da cozinha tradicional japonesa e a versão nipo-brasileira foi o sabor adocicado, que deu espaço ao salgado e às frituras.

Conheça alguns dos ingredientes que foram incorporados pela culinária japonesa no Brasil:

  • Cream Cheese;
  • Nachos (Doritos);
  • Geleias;
  • Frutas;
  • Legumes/Verduras tipicamente brasileiros (acelga, couve, rabanete, abóbora cabotiã);
  • Hot Roll;
  • Califórnia Roll;
  • Queijo e Goiabada;
  • Sushi/Sashimi de peixes brasileiros de água doce (tilápia);

Assim, se você deseja conhecer esses sabores da culinária nipo-brasileira, pode fazer uma visita ao Daisho. Além do que há de mais clássico no cardápio oriental, lá você também confere o quanto o clima tupiniquim afetou as receitas nipônicas.

Sobre o Autor

Endereço: Av. Coronel Antônio Estanislau do Amaral, 320 - ITAICI - Indaiatuba/SP - CEP.: 13340-480 - Tel.: (19) 3801-0405

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat