BioExtratus
BioExtratus
Conheça os mitos e verdades da culinária japonesa

Conheça os mitos e verdades da culinária japonesa


Comida japonesa não engorda? Previne o envelhecimento? Gestante não pode comer? Veja agora os mitos e verdades da culinária japonesa


Não dá para negar que a culinária japonesa já caiu nas graças dos brasileiros. Mas, à medida em que ela ganha um número cada vez maior de adeptos, muitas dúvidas e curiosidades também começam a surgir. Para esclarecer esses pontos, o restaurante Daisho fez uma seleção dos mitos e verdades da culinária japonesa.

Combate o envelhecimento

Verdade: graças ao Ômega 3, a famosa gordura do bem encontrada nos peixes, a culinária japonesa pode sim contribuir com o retardo do envelhecimento. Além disso, ele também ajuda na diminuição de problemas cardiovasculares e ósseos.

Gestantes não podem comer comida japonesa

Mito: a má fama acontece porque carnes cruas que são mal conservadas podem ter toxoplasma gondii —muito presente em carnes vermelhas, mas não nas de peixe. Além disso, existe um mito de que o metilmercúrio (encontrado em alguns peixes) apresenta riscos à saúde da gestante e do bebê. No entanto, as espécies que o possuem não são muito utilizadas na culinária japonesa;e o seu consumo esporádico não gera riscos à saúde.

Comida japonesa não engorda

Mito: tudo bem que a maioria dos alimentos da culinária japonesa não tem muitas calorias, mas o consumo;em excesso pode engordar. Isso porque alguns pratos, como os hot rolls, são fritos, o que não é nada aconselhável para quem está de dieta. Isso sem contar o fato de o arroz japonês conter açúcar.  

Wasabi ajuda na digestão

Verdade: por ser rico em potássio, magnésio, fósforo e cálcio, o wasabi contribui;com o processo digestivo e é altamente bactericida. Soma-se a isso o fato dele possuir óleos voláteis, como o de mostarda, que oferece benefícios à saúde por terem propriedades antibióticas.

Uma dieta baseada em sushi e sashimi faz bem à saúde

Mito: para que uma alimentação seja considerada equilibrada é importante que ela ofereça uma variedade de nutrientes. Isso significa que consumir somente sushi e sashimi fará com que tenha uma dieta pobre em ferro, fibras e vitaminas.

Sushi e temaki são ricos em cálcio

Verdade: a responsável por isso é a alga que envolve os sushis e temakis. Ela é rica em cálcio e algumas, inclusive, contam com uma dose de proteína e ferro.

E você, tem alguma outra dúvida sobre a culinária japonesa? Escreve nos comentários para que o restaurante Daisho possa dizer se é um mito ou uma verdade.

ParceirosDaisho
Av.: Cel. Antônio E. do Amaral n 979
ITAICI - Indaiatuba/SP

(19) 3801.0405
www.daishorestaurante.com.br
daishojapanesefood
daishorestaurante

Sobre o Autor

Endereço: Av. Coronel Antônio Estanislau do Amaral, 320 - ITAICI - Indaiatuba/SP - CEP.: 13340-480 - Tel.: (19) 3801-0405

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat