BioExtratus
BioExtratus
Como lidar com os medos dos filhos?

Como lidar com os medos dos filhos?

Cabeçalho Coluna Divã das Mães por Larissa Fonseca para Revista DÁvila

Como pais, estamos a todo o tempo buscando privar nossos filhos de quaisquer desconfortos.

Quando um filho diz ter ou estar com medo de algo, imediatamente tentamos acabar com essa sensação.

O Medo

O medo é uma reação emocional normal tanto quanto qualquer outra emoção, como a raiva, alegria, tristeza, entusiasmo. É importante que os pais saibam que o medo não é necessariamente provocado por um motivo externo à criança e não é um sentimento negativo que deve ser evitado. Assim como outras emoções, o medo cumpre uma função adaptativa, que na maioria dos casos, nos permite evitar situações de potencial perigo que podem comprometer a nossa integridade e bem estar.

Todas as crianças experienciam alguns medos ao longo do seu desenvolvimento em algum momento de sua vida. Seja o medo do escuro, de monstros e objetos inanimados, medo de perder algo ou alguém, medo de alguma situação (nadar, subir em local alto, e até mesmo de personagens como o Papai Noel, palhaço, enfim.

Como Lidar

Para lidar com os medos infantis, é preciso oferecer segurança à criança e respeitar o temor que ela manifesta. Evite subestimar esses receios e principalmente desmoralizar a criança por causa deles. Isso só piora a situação.

Como lidar com os medos dos filhos?

O primeiro passo e jamais usar o medo como recurso para fazer o filho obedecer com histórias como a do “homem do saco” que irá pegar a criança caso ela desobedeça ou não coma toda a comida. Desmistificar o temor é um passo importante para a superação do medo. Para isso, conversar, explicar, tentar antecipar acontecimentos e usar o lúdico para abordar as questões relacionadas ao tema costuma ter resultados eficazes. Vale também usar livros com histórias que abordam as razões do medo da criança. Fazê-la passar por situações que ela tem medo não auxiliam a superação. Algumas vezes essa abordagem pode até intensificar o medo. Assim, se a criança tem medo de cachorro, por exemplo, evite obrigá-la a fazer carinho no cão. Opte por incentivá-la a se familiarizar e se sentir à vontade até que se sinta segura e pronta para se aproximar e acariciar o animal.


Mais sobre Divã para Mães:

 Divã para mães: Sexualidade Infantil

 Pais que discordam na educação dos filhos


De outra forma

Outra alternativa bastante eficaz é entrar na fantasia da criança, e usar seu imaginário para amenizar os medos, desde que os pais demonstrem segurança. Se o filho diz que não quer ir ao banheiro tomar banho porque tem medo dos bichos da água que aparecem por lá, pegue a mão dele e vá até o chuveiro ou banheira e façam uma “magia” para que esses bichos decidam ir para outro lugar, ou então, leve uma caixa e tranque-os nela, para depois mandá-los por ralo abaixo.

Mas cuidado! Muitas vezes, ao tentar lidar com os medos infantis, os pais acabam por reforçá-los. Assim, se o filho pedir para dormir na cama dos pais por estar com medo dos monstros que têm no quarto dele e os pais permitirem, na visão da criança isso significa admitir que exista mesmo a razão para ter receio e que os monstros existem. Por isso, evite ceder e mudar a rotina para assim assegurar ás crianças de que tudo continua bem.

Como lidar com os medos dos filhos?

O modo de enfrentar

O modo como você enfrenta seus próprios medos dará ao seu filho o padrão a seguir para enfrentar situações similares. Evite passar seus medos aos seus filhos. Dar atenção e importância demasiada também pode ampliar o receio da criança.

Por fim, não ignore os medos do seu filho. Auxilie a criança a enfrentá-los e superá-los. É experimentando os mais variados medos que a criança vai perceber e aprender que alguns deles realmente precisam ser respeitados por alertarem para o perigo, enquanto outros medos exigem uma estratégia de enfrentamento o que lhes dará mais coragem e os tornará mais seguros e confiantes.

Sobre a colunista

Larissa Fonseca Coluna Divã para Mães - foto perfil

Larissa Fonseca é Pedagoga graduada pela USP, Pós Graduada em Educação Infantil e Psicopedagogia, Psicomotricista, especialista no Universo do Brincar pelo centro de estudos filosóficos Palas Athena, em Psicanálise e Educação pelo Instituto de Psicologia da USP e em Comportamento e Desenvolvimento Infantil, Escritora.
www.larissafonseca.com.br
[email protected]
Canal no youtube Larissa Fonseca Pedagoga
Book @livroduvidasdemae e @sosmaes
Instagram @duvidas_de_mae

 

 

 


Leia mais:

 Brechós de luxo se consolidam como alternativa 

 Fogão a Lenha: Do rústico ao luxo

 Meditação e obesidade


 

Sobre o Autor

Rua Joaracy Mariano de Barros, 212 - Solar do Itamaracá - Indaiatuba/SP - CEP.: 13.333-390 - Tel.: (19) 3329-7741 e (19) 9.8328.4111 (What´s App) [email protected]

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat