BioExtratus
BioExtratus
Comida Delivery: expansão do mercado vai muito além da alimentação

Comida Delivery: expansão do mercado vai muito além da alimentação

Saiba como tirar proveito da onda de crescimento da comida delivery com o mídia delivery, mesmo sem atuar no ramo alimentício

A praticidade que a tecnologia nos proporciona permite hoje acesso instantâneo aos mais diversos tipos de serviços. Um deles, que tem apresentado crescimento constante, é o ramo da comida delivery. Unindo o conforto de receber as refeições em sua residência à variedade de opções oferecidas, os números tendem a continuar em alta. Assim, é de se imaginar que todos aqueles envolvidos diretamente nesta área estejam colhendo os louros deste momento, certo? Mas e você, que não atua no ramo alimentício, já imaginou que pode também se aproveitar desta tendência e dar um up na imagem da sua empresa?

Leia o artigo a seguir e entenda como sua marca pode se aproveitar dessa tendência com o mídia delivery!

Comida delivery: números saborosos

A comida delivery não é nenhuma novidade: há muitos anos restaurantes e outros estabelecimentos gastronômicos atuam com a entrega de comida. A grande diferença é que no passado os pedidos eram feitos por telefone, ou mesmo pessoalmente. Hoje, este processo foi bem simplificado. Assim, com alguns toques na tela do celular, você pode contar com uma imensa gama de opções culinárias.

A prova do sucesso da nova forma de pedir comida delivery é a pesquisa feita pelo site PedidosJá, em parceria com o instituto de pesquisas Ipsos. Segundo os dados coletados, 42% dos pedidos de comida no Brasil são feitos de maneira digital — seja por aplicativos ou sites. A pesquisa, feita entre moradores de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e Curitiba também indicou que 57% dos consumidores já pediu refeições dessa maneira ao menos uma vez. Além disso, também foi apontado que 68% dos consumidores de comida delivery fazem pedidos no mínimo uma vez por mês.


Confira também:


Perfil dos consumidores

Um outro levantamento, feito pelo iFood, em parceria com o instituto Ibope. Ele foi taxativo ao traçar o perfil dos consumidores deste tipo de serviço. Segundo a pesquisa, 54% dos consumidores são homens, e a classe que mais pede comida em casa é a B. É dela de onde partem 69% dos pedidos.

Além disso, também ficou claro que pessoas que moram sozinhas são as que menos pedem comida delivery. Representam apenas 8% do total de entregas. Assim, os maiores consumidores são as famílias, compostas de companheiros e filhos, que correspondem a 41% dos chamados. No entanto, consumidores que moram com amigos ou outros parentes fazem 29% dos pedidos. Isso, enquanto pessoas que vivem apenas com seus companheiros são responsáveis por 19%.

Mídia Delivery: sua deixa para abocanhar uma fatia desse sucesso

Sabendo de todos esses números e do desenho do perfil de cliente traçado pelas pesquisas, como eles podem contribuir com o negócio não alimentício?

A resposta é muito mais simples do que você pode imaginar: mídia delivery.

O mídia delivery é uma oportunidade de estampar sua marca nas embalagens de alimentos entregues diretamente aos consumidores. Aliando a sensação de felicidade e de prazer que uma bela refeição pode proporcionar ao cliente, este pode ser o momento ideal para que sua marca seja vista com bons olhos. Desde embalagens de pizzas, até materiais confeccionados em isopor, sacos de papel e demais. Todos utilizados para comportar e condicionar o alimento em suas condições mais próximas das naturais.

Portanto, se você deseja abocanhar um pedaço desses números de sucesso, busque empresas com conhecimento e experiência na área, como a MMídia. Pode ser a oportunidade que seu negócio tanto aguardava. Para deixar de ficar com a boca cheia d’água imaginando o sucesso, e de fato, saboreá-lo.


Leia Mais:


 

Sobre o Autor

Endereço: Av. dos Trabalhadores, 116 - Sala 301 - CEP.: 13338-050 - Indaiatuba/SP - Telefone.: (19) 3017-5848

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat