BioExtratus
BioExtratus
Divã para mães fala sobre ciúmes entre irmãos

Divã para mães fala sobre ciúmes entre irmãos

Cabeçalho Coluna Divã das Mães por Larissa Fonseca para Revista DÁvila

Larissa Fonseca fala sobre o cotidiano ciúmes entre imãos

A chegada de um segundo filho à família normalmente vem em um período de grandes mudanças para o primogênito. A retirada das fraldas, a troca da mamadeira pelo copo. A  troca do berço pela cama, a ida para a escola, entre outras. Tudo isso acaba iniciando o ciúmes entre irmãos.

Além dessas, outras mudanças comportamentais, características dessa fase também começam a aparecer. Até então, a criança seguia os modelos e decisões dos pais. Gradualmente, aumenta a percepção de si como ser único, com desejos e opiniões próprias, com necessidades diferenciadas, enfim.

Assim, a criança já está passando por um período de muitas mudanças. E, de repente, tem que lidar com o desafio de lidar com algo ainda desconhecido para ela.

Mudanças nas organizações

Durante a gestação, a mãe já não tem tanta disposição para atividades físicas, algumas vezes enjoa, o colo já não é o mesmo. Ainda vem as mudanças nas organizações dos espaços da casa para acomodar o berço, adaptar mobiliário etc.

Não podemos esquecer dos adultos que sempre perguntam do bebê para o irmão mais velho, antes mesmo de demonstrar interesse por ele!

Isso tudo vai gerando certa inquietude no primogênito que começa a perceber alterações na rotina. Ao mesmo tempo em que elas ainda são muito abstratas para ele.

Insegurança

A insegurança do desconhecido é algo comum, mesmo entre nós adultos. Para a criança que ainda está em formação, ainda está conhecendo seus sentimentos e aprendendo a lidar com os mesmos. Isso torna-se mais um desafio.

Os pais tendem a comentar que o irmão virá para ser parceiro de brincadeiras, que o irmão será grande amigo, etc, e, quando nasce, o bebê não “cumpre” com essas expectativas que foram colocadas ao primigênito.

Tudo isso gera insegurança no irmão mais velho que, dependendo de como o adulo age, vai lidar com mais ou menos facilidade.

Pais, fiquem atentos com o ciúmes entre irmãos

Atentem-se para serem honestos com os filhos contando sobre os fatos como serão. Mostre fotos de quando ele era bebê, de quando ainda estava na barriga da mãe. Mostre roupas e objetos que ele usava e dos quais gostava. Comente que o bebê precisará aprender um monte de coisas pois nasce ainda muito dependente. Nessa hora, valorize todas as conquistas de seu filho, como por exemplo o fato dele já saber andar, falar, etc.

Diga que precisará da ajuda do mais velho para ensinar um monte de coisas ao mais novo. Leve o primogênito para escolher coisas para o bebê e, mesmo que não goste, escolha algo do gosto dele para validar suas opiniões. Tente reservar algum momento do dia só para ele. Seja na ora do banho, da alimentação, antes de dormir, para contar uma história, assistir a um programa, ouvir música, enfim.

Ciúmes entre irmãos

O ciúme dificilmente não aparecerá, afinal, esse é um sentimento natural do ser humano, mas certamente essas ações auxiliarão a criança a passar por esse período de um modo mais construtivo para ela.

E ai sim, quando o bebê crescer um pouco, as chances dos irmãos se tornarem grandes amigos!

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat