BioExtratus
BioExtratus
Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos


Seja para cozinhar lentamente, utilizar na salada ou em conserva, as técnicas japonesas para cortar alimentos ajudam a dar mais sabor e textura aos pratos


Você é do tipo que corta os alimentos de qualquer jeito, afinal, “isso não vai fazer diferença na hora de comer”? Se sim, pare com isso agora! Ao menos na culinária japonesa, o estilo de corte dos vegetais desempenha um papel importante na gastronomia. São vários os estilos e cada formato é responsável por acentuar a aparência, a textura e o sabor de alguns pratos. Se você aprecia essa culinária e quer se aventurar na cozinha, o restaurante Daisho ensinará nesse artigo 10 técnicas japonesas para cortar alimentos. Mas,

Antes de começar a aprender, é importante saber que no Japão cada tipo de corte tem um nome específico e, ao fazer uma receita, os japoneses já sabem qual o estilo e a precisão de corte que devem utilizar, uma vez que isso influenciará no resultado final. Mas,

Usugiri – Fatias Finas e uniformes

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

Esse é o tipo de corte utilizado nos vegetais para salada ou em conserva; que serão fritos ou cozidos. Pepino, gengibre, cebola, berinjela, alho, cebolinha e daikon estão entre os principais.

Nanamegiri – corte diagonal

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

Entre as técnicas japonesas para cortar alimentos está o nanamegiri, caracterizado por cortes diagonais que proporcionam fatias uniformes alongadas e ovais. Os principais representantes desse estilo são a cenoura, o daikon, a vagem e o pepino.

Wagiri – corte redondo

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

Para os vegetais cilíndricos que serão cozidos em fogo baixo esse é o corte mais indicado. Mais uma vez o daikon, a cenoura, a berinjela e o pepino aparecem, além do tomate e da raiz de lótus.

Rangiri – corte aleatório

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

Usado principalmente em cozidos, o rangiri está entre as técnicas japonesas de cortar alimentos mais sofisticadas. Ela consiste em girar o vegetal diagonalmente entre os cortes, o que não só o deixará mais;atraente, como proporcionará maior espaço de superfície para a absorção mais rápida dos temperos.

Vegetais longos e arredondados, como cenoura, pepino, daikon, gobo, berinjela e raiz de lótus são os mais utilizados nessa técnica. Mas,

Ichogiri – corte folha de ginkgo

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

Para fazer esse corte é preciso cortar os vegetais cilíndricos no formato de meia lua e, em seguida, cortá-los transversalmente. Mas, 

Zakugiri – corte rústico

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

O zakugiri também é chamado de corte rústico por ser mais grosso, geralmente com;3 ou 4 cm de largura, e não uniforme. Ideal para vegetais de folhas — repolho, couve, acelga, aipo, etc — que serão utilizados em pratos quentes, como cozidos e ensopados.

Butsugiri – picado rústico

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

Parecido com o zakugiri, porém mais utilizado em vegetais compridos e cilíndricos — negi, por exemplo — que serão usados em pratos quentes.

Tanzakugiri – corte tiras de papel

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

Muito utilizado em saladas e ensopados, o tanzakugiri está entre as técnicas japonesas para cortar alimentos que demanda maior precisão. Para fazer esse corte é preciso cortar os vegetais em retângulos de aproximadamente 2 cm de largura e 6 cm;de comprimento; em seguida, corte-os transversalmente em pedaços de ½ cm. Mas, 

Sasagaki – corte folha de bambu

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

Para fazer esse corte será necessário raspar a superfície do vegetal, como o gobo (raiz de bardana), com uma faca. Mas, Mas,

Sogigiri – corte ângular

Aprenda 10 técnicas japonesas para cortar alimentos

Pegue o vegetal — cogumelos, repolho, acelga, etc — e corte-o em pedaços inclinados; geralmente as fatias são cortadas em um ângulo de 45 graus. Esse método permite uma área de superfície maior para que o vegetal cozinhe mais rápido e absorva melhor o sabor. Mas, 

Esses são alguns exemplos de técnicas japonesas para cortar alimentos, mas existem muitas outras. Ainda que você acredite que o método utilizado não fará tanta diferença, os nossos amigos;nipônicos estão aí para comprovar que não é bem assim. Aliás, se você gosta desse tipo de gastronomia, já deve ter reparado que cuidado e capricho;é o que não falta em seus pratos! Mas,

ParceirosDaisho
Av.: Cel. Antônio E. do Amaral n 979
ITAICI - Indaiatuba/SP

(19) 3801.0405
www.daishorestaurante.com.br
daishojapanesefood
daishorestaurante

Sobre o Autor

Endereço: Av. Coronel Antônio Estanislau do Amaral, 320 - ITAICI - Indaiatuba/SP - CEP.: 13340-480 - Tel.: (19) 3801-0405

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat