BioExtratus
BioExtratus
5 motivos para fazer uma limpeza nos dentes agora!

5 motivos para fazer uma limpeza nos dentes agora!

Saiba quais são os perigos que o acúmulo de tártaro pode causar, além de maneiras de evitar isso

Manter um belo sorriso no rosto exige muito cuidado. Mais do que atenção, exige que os procedimentos sejam feitos de maneira correta e na periodicidade necessária. Além disso, o acompanhamento por parte de um profissional da odontologia também se faz muito importante. Qualquer descuido, e diversos problemas bucais podem surgir. Um dos mais comuns é a formação de tártaro nos dentes. A partir dele, outros problemas ainda piores podem surgir. Portanto, o melhor a se fazer é conhecer exatamente do que se trata essa complicação, e quais as melhores maneiras de evitá-lo — a começar por uma limpeza dentária adequada. Vem conhecer mais sobre tudo isso agora!

O que é o tártaro?

O tártaro é um estágio evoluído do acúmulo de placa de bactérias que se forma nos dentes. Depois de um certo tempo sendo acumulada, essa placa se calcifica, transformando-se no que conhecemos como tártaro. Ele se forma sempre próximo à gengiva, e se mantém fixo ao dente por meio do esmalte dental. Também pode existir o surgimento de tártaro sob as gengivas. Independente do local onde ele aparece, torna mais propício o acúmulo de bactérias, que podem gerar diversos perigos para os dentes, conforme veremos à seguir.

5 perigos que o tártaro traz para seus dentes

Não bastasse o tártaro colocar em jogo a beleza dos dentes, podendo gerar manchas, ele também está associado ao surgimento de outros problemas bucais:

  • Mau Hálito

O acúmulo do tártaro pode tornar mais difícil a correta higienização dos dentes. Além das próprias placas em si, eventuais pedaços de alimentos podem ficar entre os dentes. Assim, o mau hálito já existente pode ser intensificado. Ou, caso ainda não haja, esse odor indesejado pode dar as caras.

  • Cárie Dentária

As cáries são causadas pelo ácido produzido por bactérias presentes na boca. São buracos ou erosões que podem ser superficiais, ou atingir a profundidade total dos dentes. E o acúmulo de tártaro só contribui com o aumento no número dessas bactérias.

  • Gengivite

A gengivite é uma inflamação ou infecção que ocorre nas gengivas. É caracterizado por inchaço, vermelhidão e sangramento das gengivas, especialmente quando na escovação dos dentes. É o primeiro estágio, que pode evoluir para uma doença ainda pior: a periodontite.

  • Periodontite

A periodontite ocorre quando a gengivite se intensifica e começa a ocorrer a perda dos tecidos que protegem e fixam os dentes. A doença também ocasiona a perda da estrutura óssea que mantém o dente firme. Assim, quando não tratada, pode levar a casos mais extremos.

  • Perda dos Dentes

O último estágio da periodontite é a perda dos dentes afetados. Uma vez que se perde toda a estrutura de tecidos e de ossos que o mantém fixado, ele vem a cair. A partir de então, é necessária a reposição dental, que pode ser feita por meio de diversas maneiras.

Prevenção e Tratamento

A forma mais simples de prevenir o surgimento do tártaro é manter uma higienização completa e correta dos dentes. Isso inclui uma escovação correta, realizada após todas as refeições. Além disso, também é fortemente indicado o uso de fio dental, para retirar eventuais resquícios que permaneçam entre os dentes. Segundo especialistas, essa rotina realizada de maneira completa, diariamente, já é suficiente para evitar a formação de placa bacteriana e posterior transformação em tártaro.

Mas, se você já foi atingido por esse problema bucal, é bom buscar um tratamento eficaz que evite a evolução para as complicações já citadas anteriormente. O procedimento indicado é a limpeza bucal, também conhecida como profilaxia.

A limpeza bucal é um processo realizado por profissionais em consultório odontológico. Ela é feita basicamente em  4 etapas:

  • A primeira etapa é a retirada das placas de tártaro por meio de uma raspagem. O procedimento pode ser um pouco incômodo, mas é necessário para retirar todo o material, escondido inclusive sob a gengiva;
  • Depois, é feita aplicação de um jato de bicarbonato de sódio. Essa etapa ajuda na remoção do restante de tártaro, bem como na fortificação dos dentes;
  • A terceira etapa é uma escovação completa feita pelo dentista nos dentes do paciente;
  • Por fim, há a aplicação de flúor nos dentes.

Agora, sabendo que a prevenção é a melhor saída, busque evitar o surgimento do tártaro. Mas havendo a necessidade da realização de uma limpeza dentária, procure locais com a infraestrutura completa e profissionais especializados e competentes para lhe atender, como é o caso da Sorrident’s Indaiatuba.

Contando com equipamentos de última geração, e toda estrutura necessária para todo o atendimento, é a opção que vai lhe devolver o sorriso aos lábios!

*Texto produzido e otimizado pela Mídia.Crawl.


Leia também:

Aparelho Ortodôntico: quando usar e como cuidar bem dele?

Ortodontia para adultos: nunca é tarde para um sorriso perfeito

 

 

Sobre o Autor

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat