Os perigos da “barriga de cerveja”

Os perigos da “barriga de cerveja”


Para alguns, elas não passam de uma “barriga de cerveja”. Mas, você sabia que o acúmulo de gordura na região abdominal é um sinal do corpo de que provavelmente algo não vai bem com a saúde? O principal problema da gordura visceral, como é chamada pelos médicos, é que ela aumenta o risco cardiovascular, da diabetes, hipertensão, demência e doenças ósseas. Neste artigo, a M2 Academia traz uma série de dicas indispensáveis na missão de perder a barriguinha saliente. Confira!


Uma pesquisa da Clínica Mayo, nos Estados Unidos, envolvendo 12.785 pessoas com 18 anos ou mais, mostrou que pessoas com acúmulo de gordura na barriga têm mais risco de morrer por doenças cardiovasculares do que pessoas com obesidade, por exemplo. Por isso, se na balança o seu peso está controlado, mas a barriga saliente — ou “barriga de cerveja” — incomoda na hora da praia ou de fechar a calça jeans, está na hora de você começar uma atividade física e controlar a alimentação, antes que os problemas cheguem.

Zona de perigo

A barriguinha até está saliente mas você acha que ainda não é hora de se preocupar? Então, tire a prova!

Se você é homem, o ideal é que tenha a circunferência abdominal inferior a 94 cm. De 94 cm a 102 cm, você está na “zona de alerta” e, acima disso, precisa de atenção. Em contrapartida, se você é mulher, a circunferência abdominal deve estar abaixo de 88 cm (ocidental) e 80 cm (oriental).

Acabe com a “ barriga de cerveja ”

Como você deve imaginar, não há uma fórmula mágica para perder a barriga. Por certo, tudo começa com exercícios físicos e uma alimentação adequada — troque alimentos ricos em açúcar e gordura por alimentos saudáveis, como frutas, legumes, verduras e carnes brancas.

Por outro lado, no que diz respeito aos exercícios, de nada adiantarão as centenas de abdominais para fortalecer a região abdominal, se você não associá-los às atividades aeróbicas, responsáveis pela queima das calorias. Quer saber que tipo de exercícios são os mais indicados? Confira as dicas da M2 Academia.

Aeróbicos

A grande dica para perder gordura e peso é se movimentar. Dessa forma, tenha em mente que quanto maior a quantidade de músculos envolvidos no exercício, maior será o gasto energético. Veja algumas atividades com alta perda calórica:

Caminhada/ corrida/ esteira: uma hora de corrida por dia é capaz de gastar 500 calorias*. Já uma caminhada por uma hora, pode gastar 190 calorias*.

Spinning/bicicleta: além de ser prazeroso, pode-se perder até 505 calorias* em 1 hora.

Jump (trampolim): é um exercício aeróbico de alta intensidade e de gasto energético alto. Aulas coreografadas podem ser muito motivadoras. Apresenta baixo impacto para o corpo, mas quem tem problemas prévios de joelho ou coluna precisa passar por uma avaliação física antes de aderir. A perda energética em uma hora de aula chega a 350 calorias*.

Localizados

Os exercícios localizados têm por objetivo fortalecer e definir a musculatura. Portanto, neste bloco de atividades estão inclusos os famosos abdominais. Assim, para definir cada gominho, invista em diferentes tipos:

Supra: ótima opção para fortalecer a região reto superior. É fácil de realizar e recomendado para iniciantes.

Oblíquio: neste exercício, o tronco é inclinado levando o cotovelo direito ao encontro do joelho esquerdo, e vice-versa. É muito eficaz pois exige da estabilidade do músculo, trabalhando os oblíquos e o reto abdominal.

Infra: também tem um grau de dificuldade baixo, bom para os iniciantes. Fortalece a região inferior do reto abdominal além de exigir um pouco mais de força.

Isometria: acompanhante perfeita para desenvolver e fortalecer a musculatura, a técnica consiste em usar os músculos do corpo contra um objeto imóvel ou manter o corpo em uma posição fixa por um determinado tempo.

A bola de pilates pode ser usada para realizar os abdominais em níveis mais avançados, graças à instabilidade da superfície. Mas, o acompanhamento profissional é necessário porque gera muito esforço na região da coluna.

Circuito

Se você não tem muito tempo disponível, sente-se entediado com as atividades de fortalecimento de musculatura ou, ao contrário, os longos períodos de exercícios aeróbicos demandam muito da sua energia, o circuito pode ser uma ótima alternativa. Em suma, trata-se de uma combinação das duas atividades.

De forma geral, a frequência da prática destes exercícios depende do condicionamento físico de cada um. Quanto mais tempo de prática, mais condicionado você ficará. Por isso, não tenha pressa. Seja persistente que logo os resultados aparecerão!

* valores calóricos desta matéria consideram o metabolismo de uma mulher de cerca de 60kg.

Parceiros

M2 Academia
Av. Conceição, 1078

Indaiatuba/SP
(19) 3329-5186
Academia-M2

 

Sobre o Autor

Rua Joaracy Mariano de Barros, 212 - Solar do Itamaracá - Indaiatuba/SP - CEP.: 13.333-390 - Tel.: (19) 3329-7741 e (19) 9.8328.4111 (What´s App) revistadavila.contato@gmail.com

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat