4 dicas para fazer os pequenos perderem o medo de ir ao dentista

4 dicas para fazer os pequenos perderem o medo de ir ao dentista

Conheça mais sobre a odontopediatria, o melhor momento para levar os pequenos ao dentista e como fazer com que eles percam aquele medo do consultório

Os cuidados com os dentes não têm idade. Ou, ao menos, não deveriam ter. Apesar disso, uma pesquisa publicada no periódico científico Journal Pediatrics apontou que menos de 1% do total de 2.505 crianças que participaram do estudo foram ao dentista com idade inferior a um ano de idade. Ainda segundo o estudo, menos de 2% das crianças pesquisadas foram a um consultório de dentista com menos de 2 anos.

Grande parte do que afasta as crianças dos consultórios de dentistas é o desconhecimento dos pais com relação a odontopediatria. Outro fator que pode influenciar é o medo por parte dos pequenos. Assim, a Sorridents decidiu falar sobre esses dois assuntos. Vale para os pais e, especialmente, para a saúde bucal dos seus filhos.

Odontopediatria: o que é?

A odontopediatria é a área da odontologia responsável pela saúde bucal dos bebês, crianças e jovens. Além de ser responsável por cuidar da dentição dos jovens, ela também é responsável pelos futuros dentes dos bebês ainda nas barrigas de suas mães. Pois é: embora muita gente não saiba, as grávidas já podem fazer esse acompanhamento prévio da saúde da boquinha de seus filhos.

Uma vez que muitas das experiências negativas envolvendo dentistas se dão nessa idade, o papel do odontopediatra se faz ainda mais importante. Além de cuidar do aspecto físico e da saúde bucal, o profissional dessa área precisa ter o tato psicológico correto para lidar com os pequenos e seus medos e inseguranças.

Outro fator que reforça a importância desse profissional é que o cuidado com a dentição nessa idade pode influenciar nos dentes permanentes, que acompanharão o indivíduo por boa parte da sua vida.

4 dicas para fazer os pequenos perderem o medo de ir ao dentista

Assim, desde o cuidado com os dentes de leite, para mantê-los saudáveis e intactos por quanto tempo for possível; até o fato de adquirir hábitos saudáveis com relação a higiene bucal: tudo passa pelas mãos do odontopediatra. Inclusive, se a criança tiver que usar aparelho ortodôntico, é o odontopediatra quem vai diagnosticar essa necessidade, e encaminhar para o ortodontista. É ele também quem vai observar outros problemas que podem surgir relacionados aos dentes da criança, como: cáries; bruxismo; uso de chupetas e mamadeiras; e eventuais desvios na dentição.

Qual é o momento certo para a primeira consulta?

Recomenda-se que a primeira visita ao odontopediatra seja feita ainda antes do primeiro ano de vida. É nessa idade que a dentição está surgindo — assim, fica mais fácil para o profissional diagnosticar eventuais problemas. Mas, não deve ser esse o motivo da consulta. A primeira visita das crianças ao consultório deve ter sempre o caráter preventivo. Assim, qualquer eventual problema pode ter seu diagnóstico antecipado.

Durante a primeira visita ao odontopediatra será criado também um vínculo que permitirá que as próximas consultas aconteçam de maneira mais natural.

Medo de dentista?

Está difícil fazer com que os pequenos topem ir ao dentista? Então, relaxe! Separamos 4 dicas para ajudar nessa missão:

Quando mais cedo a criança conhecer o ambiente e o profissional, melhor. Assim, mais cedo ela se habitua ao consultório do dentista e elimina possíveis medos e aflições.

Se a primeira visita dos pequenos ao dentista for motivada por um acidente, quebra de dente, machucado ou cárie, ele pode ficar traumatizado. E isso fará com que cada nova vista o faça se lembrar desse momento. Por esses e outros motivos é recomendado que a primeira visita ao dentista seja preventiva.

– É importante deixar claro para a criança que a visita ao dentista é benéfica para ele mesmo. Explique que o profissional é seu amigo e quer cuidar da sua saúde dental; fale  também sobre a importância de manter em dia a saúde bucal e dos problemas que ela pode evitar.

O bom profissional sabe como lidar com eventuais medos e incertezas por parte das crianças. Desse modo, ninguém mais indicado que ele para fazer a criança se sentir confortável durante uma visita.

Se você está em busca de um odontopediatra qualificado e toda a infraestrutura necessária, conheça a Sorridents. A unidade de Indaiatuba conta, inclusive, com centro radiológico próprio, o que permite que o paciente já saia da clínica com o diagnóstico completo.

Dê a devida atenção à saúde bucal das crianças. E assim não permita que elas tenham vergonha de sorrir em uma das fases mais felizes de suas vidas!

Sobre o Autor

Veja Também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat