HomeParceiros RevistaCtrl+PlayPerigos da internet: 5 dicas para falar sobre o assunto com uma criança

Perigos da internet: 5 dicas para falar sobre o assunto com uma criança

Perigos da internet: 5 dicas para falar sobre o assunto com uma criança

Não há como negar que a tecnologia faz parte da vida das crianças de hoje em dia. Muito mais do que isso, os pequenos vivem conectados várias horas por dia — seja em casa ou na escola, a interatividade está em constante crescimento. Porém, esse fenômeno que estamos vivenciando agrava um dos maiores medos dos pais e responsáveis: os perigos da internet.

Sabe-se que as crianças estão muito expostas a pessoas de má índole que podem se aproveitar da inocência dos pequenos. Portanto, é extremamente importante ter jogo de cintura, muita criatividade e sensibilidade para lidar com a situação.

Com uma boa conversa desenvolvida a cada dia, esse cenário pode mudar. Para ajudar nessa delicada tarefa de falar com o seu filho, separamos aqui alguns dos maiores perigos da internet e como abordar cada um deles! Continue lendo e confira:

1. Predadores online

Os predadores online são aquelas pessoas que ficam, literalmente, caçando potenciais vítimas — na maioria das vezes, crianças. Eles tentam criar vínculos afetivos com os pequenos, para, em seguida, saber mais informações sobre a sua família e rotina, e até chamá-los para encontros pessoais.

Nesse caso, em primeiro lugar, o ideal é que você fique sempre muito atento às páginas da web que o seu filho acessa. Explique a ele que, infelizmente, muitos adultos mentem para crianças pela internet, com o intuito claro de machucá-las e aos seus pais.

Conte histórias verdadeiras de casos que já aconteceram, mas sempre com muito cuidado quanto as palavras que utilizar, ok? O seu filho precisa entender bem o que são os predadores, mas não criar pânico ou medo excessivo. O que ele realmente precisa aprender é a maneira de sair dessas situações.

2. Troca de fotos e vídeos

Eis aqui outro grande problema que pode ser evitado se conversado com as crianças.

Lembre-se de que é muito comum a troca de fotos e vídeos na internet e, para os pequenos, esse tipo de prática é estimulante e atrativa. Por isso, explique à sua criança que, se alguém lhe pedir imagens pessoais ou de sua família, ela deve desconfiar e chamar você imediatamente.

Além disso, é essencial que você diga ao pequeno que não há motivo algum para que uma pessoa que ele não conhece peça esse tipo de conteúdo. Assim, ele passará a associar essa solicitação a uma atitude incorreta e que merece desconfiança.

3. Encontros presenciais

Talvez esse seja o maior problema dentre os perigos da internet. Quando as medidas de segurança anteriores não foram totalmente eficazes, o seu filho pode já estar envolvido com um “amigo virtual”, que passa a também querer encontrá-lo pessoalmente.

Vale reforçar para a criança que em nenhuma hipótese ela deve sair para conhecer alguém que você ou qualquer outro adulto da família desconheçam.

Isso também pode ser fortificado com o ensinamento de não dar atenção a estranhos na rua, nem aceitar presentes de qualquer pessoa que a criança nunca tenha visto antes — muito menos sem a presença dos pais.

4. Acesso a sites proibidos para menores

Aqui, vale incluir as redes sociais, como o Facebook. Dialogue com cuidado para que o seu filho entenda que você não está fazendo uma restrição aleatória! A proibição parte apenas do real perigo que existe em entrar em sites sem a presença e monitoramento de um adulto.

5. Encontre outras opções de entretenimento para a criança

Encontre outras opções de entretenimento para a criança, de forma que ela possa usar a internet de um jeito mais criativo e sem precisar correr riscos. Inclusive, que tal estimular a criação de jogos e aplicativos? A Ctrl+Play possui diversos cursos voltados à programação e robótica e você pode obter mais informações sobre cada um deles clicando aqui. Dessa forma, o seu filho se protege aprendendo algo bom e construtivo para a sua formação!

Enfim, os perigos da internet existem e, infelizmente, sempre irão existir. Por isso, cabe a você conversar com jeitinho com o seu pequeno e mostrar que ele pode estar seguro seguindo recomendações simples e importantes.

Ctrl + Play Escola Programação e Robótica
Rua 13 de Maio, 650 – Centro – Indaiatuba/SP
Tel.: (19) 3816.6688 – 9.8395.4907
Skype: ctrlplay
[email protected]
www.ctrlplay.com.br
www.facebook.com/escolactrlplay
www.instagram.com/escolactrlplay

Share With: