HomeXXDesativadasMeu DinheiroPerdeu o emprego? Como ajustar as contas!!!

Perdeu o emprego? Como ajustar as contas!!!

A crise política e econômica atual do país está causando o aumento das taxas de desemprego.

Empresas estão fechando as portas e causando várias demissões e as empresas que não fecham são obrigadas a demitir.

Reduzir o quadro de funcionários é uma medida necessária nesse tipo de circunstância. Se perdeu o emprego é importante manter as contas em dia. Gastos podem surgir inesperadamente, e você não terá o seu salário mensal para cobrir as novas despesas.

Para enfrentar essa nova fase na vida alguns ajustes são importantes então ai vão algumas dicas que podem ajudar a equilibrar as contas.

Como ajustar as contas: primeiramente vem o planejamento, gaste o mínimo possível, cortar despesas desnecessárias, como televisão a cabo, ou outros serviços do mesmo gênero.

Evitar esse tipo de gasto é essencial,  o dinheiro economizado poderá ser gasto com outras despesas mais necessárias, principalmente para quem perdeu o emprego.

Cuidado com o FGTS

Cuidado com o uso do FGTS e valores recebidos na demissão, não use para pagar dívidas principalmente do cartão de crédito.

Guarde esses valores para se mantiver durante o período de desemprego e renegocie as dívidas assim que voltar ao mercado de trabalho. Por falar em cartão de crédito, cancele todos!

Evite ao máximo ter um cartão enquanto estiver desempregado, o cartão é a principal causa de endividamento no país. Isso porque é tentador comprar algo caro que pode ser parcelado facilmente no cartão, mesmo que esse tipo de operação ofereça certas vantagens. É melhor mantê-lo afastado em época de crise e consequentemente desemprego.

Faça os famosos “bicos”, os serviços corriqueiros que são facilmente encontrados. Normalmente, eles são temporários e podem ser uteis para quem está parado. Com esse tipo de serviço, é possível adquirir uma boa grana, até que você consiga um emprego efetivo.

Esta última dica vai para os estão empregados, faça uma reserva financeira enquanto está empregado. Guarde parte do salário, que em um eventual desemprego poderá utilizar essa reserva para ajustar as contas.

Boa semana a todos e não esqueçam de curtir e compartilhar.

Danilo Junqueira

Danilo Junqueira 320x320

 

DANILO JUNQUEIRA, responsável pela coluna Meu Dinheiro” tem 37 anos. Arquiteto de Software – Graduado em Ciências da Computação, Mestrado em Geoprocessamento de dados . Jogador amador de Tênis, ciclista, apaixonado por aeromodelismo e automobilismo, trade na Bovespa por 10 anos. Por ler e estudar muito sobre investimentos e organização financeira resolveu passar um pouco de suas idéias e experiências de vida para que não cometam os mesmos erros que cometeu em sua vida financeira.

Share With: